Correndo e aprendendo

Eu demorei quase 17 horas para completar os 59 Km do Desafio das Serras há duas semanas.

Nada, absolutamente nada saiu como o inicialmente planejado nessa prova. O percurso não foi o que eu imaginei, a altimetria nem se fale, organizar a minha mala foi um caos e, para variar, eu levei coisas demais na minha mochila.

Enquanto intercalava corrida e caminhada, tomei diversas notas mentais que compartilho a seguir:

  • Mochila de prova: levar o absolutamente essencial, principalmente no que diz respeito à alimentação. Com dez horas de prova engolir uma bisnaguinha com queijo é mais difícil do que parece quando você a prepara com carinho antes da largada;
  • Anorak: nunca, mas nunca mais mesmo ele sai da minha mochila. Pode ser mais pesado que um corta-vento, mas é dez vezes mais eficiente;
  • Luvas: luvas sem dedos são ótimas, mas para provas em mata fechada um par com dedos é fundamental. Que o digam os estrepes que ainda continuam escondidinhos nas minhas mãos;
  • Manta térmica: levar uma para cada dia de prova. Usei a minha no primeiro dia e larguei para o segundo apelando para a proteção divina;
  • Headlamp: após horas de chuva, a minha deu pau já no acampamento. Precavida, levei duas. Repetir a estratégia;
  • Tudo ensacado na mala: colocar absolutamente todos os itens da mala de acampamento em sacos plásticos. Fiz isso com as roupas e comida, mas não com o Thermarest e saco de dormir.

Pois é, correndo e aprendendo. Sempre.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

Copyright © 2016 Montanha Minha Praia - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio