Dando um tempo para recuperar

Entrei em 2015 planejando um ano quase sabático no quesito corridas. Muitos treinos. Poucas provas. Balela. Quando o ritmo de treinos encaixou após a ressaca do El Cruce, em fevereiro, eu comecei a competir.

Mas não foram apenas (várias) provas de montanha. No meio do caminho descobri a corrida de aventura e me apaixonei. Portanto agora os treinos envolvem múltiplas modalidades. Some-se a isso o desgaste (enorme) da minha rotina profissional e a demandas da minha vida pessoal. Resumindo: estou me sentindo exausta.

Essa sensação me dominou com força total esta semana no dia seguinte ao meu treino de tiros. E atingiu o ápice na noite seguinte no meu treino de musculação.  Não sou uma corredora inexperiente e tendo dedicado mais de uma década da minha vida a esse esporte aprendi a conhecer meu corpo.  Ele está gritando por descanso. Berrando na verdade.

Decidi ouvir. Descansar também é treinar e sei que apenas com uma janela maior de descanso eu me recupero. Se os músculos saem ganhando, o coração idem, pois posso aproveitar um tempinho a mais com o meu marido. E ele merece muito, muito mesmo a minha atenção e carinho.

 

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

Copyright © 2016 Montanha Minha Praia - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio