Muita diversão e perrengues no Circuito Terra da Aventura em Botucatu

Pensa em um lugar lindo. Com belas colinas, muito verde e céu azul. Agora coloca nesse cenário um monte de pessoas bacanas e cheias de alto astral. Para completar um mapa topográfico da região, bússola, bike e rapel. Foi nesse clima incrível que aconteceu no último sábado, em Botucatu, a segunda etapa do Circuito Terra da Aventura, promovido pelo Haka Race.

Com largada e chegada na Estância Jacutinga, a iniciativa é parte do esforço da prefeitura para consolidar Botucatu como um polo nacional de aventura aproveitando a vocação natural da cidade. A prova, com um total de 25 Km, incluiu 15,6 Km de MTB, 4,5 Km de trekking, 2 Km de water trekking e 10 m de rapel.

Optei por ir até o local da largada de ônibus, decisão que se mostrou incrivelmente acertada. Apesar de novata nesse mundo das Corridas de Aventura, fiz amizade assim que cheguei ao estacionamento e a viagem passou em um piscar de olhos.

Dizem que ninguém cruza o seu caminho sem razão e a opção pelo transfer me levou a conhecer os fundadores da equipe Matadentro, grupo de amigos que se uniu para participar de provas de aventura e incentivar a prática desse esporte. Essa decisão mudou a minha prova e a minha vida.

Depois de “plotarmos” (marcarmos) em grupo o mapa topográfico que determinaria a nossa estratégia de prova, nos posicionamos na largada, dada exatamente às 15h00 sob sol forte. A primeira perna, de MTB, deixou claro que a brincadeira em Botucatu seria séria, com estradas cheias de subidas, areia, pedras e grama. Pedalar não é a minha praia e, no calor, o que era difícil ficou ainda pior. Fechei, literalmente, o pelotão de ciclistas e já nos primeiros kms minhas pernas pareciam pesar uma tonelada.

De repente, eis que se materializa ao meu lado o Vanius Moreira, da Matadentro. Generoso e com um incrível bom humor, ele foi me orientando durante todo o percurso. Um verdadeiro anjo da guarda da montanha! Paramos diversas vezes para que eu compreendesse o significado das marcações no mapa e colocasse em prática os meus pífios conhecimentos de orientação por bússola. Até “azimutei”. Difícil, confesso.

Dei graças a Deus quando chegamos à primeira área de transição. Era hora de correr, esse sim o meu esporte. Mas acabei exagerando no almoço (delicioso, vale destacar) e passei muito mal. A opção foi caminhar forte e correr apenas nas descidas, quando possível. Encontramos outros amigos pelo caminho – Cocão, Paulista e Carla Porto – e seguimos todos juntos por todos os Postos de Controle (PC) e Áreas de Transição.

De volta ao MTB e pouco antes de chegarmos à área do rapel, a bike do Paulista quebrou. A solução foi levá-la em partes até o próximo PC. Enquanto o Cocão transportava o quadro da bike sobre os ombros (ninja total), o Vanius se encarregou de levar do pneu dianteiro. Seguimos juntos pedalando, com o Paulista correndo logo atrás.

Na hora do rapel, desci por último. Apavorada, pois tenho pavor de altura. Mas pior do que sentir medo é ser refém dele, então sem pensar muito me atirei ponte abaixo segura apenas pelas cordas, cintas e mosquitões. Sensação surreal.

A penúltima etapa foi o water trekking, já ao entardecer. Chegamos ao PC com os pés molhados e cheios de areia. Bate e volta. Mesmo. Subimos nas bikes para completar a última perna e a noite caiu. Nunca pedalei à noite em terreno irregular. Apavorante. Tinha tirado minha headlamp da mochila porque achava que completaria o percurso rapidinho. Quem mandou ser pretenciosa?! Isso não se faz. Nunca. Aprendi a lição.

Foram 03h23 de muitas risadas, diversão e perrengues, mas de muito aprendizado. Agradeço ao pessoal da Matadentro, agora oficialmente a minha equipe de Corridas de Aventura, por terem dedicado uma tarde toda a ensinar os novatos como eu.

A próxima etapa do Circuito Terra da Aventura, com 20 Km, será realizada em Botucatu no dia 22 de agosto. Informações e inscrições no endereço www.hakafun.com.br. Se você está querendo conhecer melhor e iniciar seus passos no mundo das provas de aventura essa é uma oportunidade incrível.

Crédito foto: Matadentro Aventura

 

 

 

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

Copyright © 2016 Montanha Minha Praia - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio