Uma pausa nas corridas de montanha para uma prova no asfalto

A pressão (e põe pressão nisso) dos meus companheiros de treino me levou a aceitar o desafio de correr a meia maratona do Rio no final do próximo mês de julho.

Foram várias conversas no WhatsApp, chantagens emocionais virtuais e também ao vivo e em cores. Cedi. Era dezembro do ano passado e tempo não faltava para eu me dedicar a esse projeto.

Pois não é que o tempo voa mesmo e julho está quase aí? Depois de um primeiro semestre de ótimos resultados e diversas provas nas montanhas, eis que na semana passada a ficha caiu. Faltavam menos de 40 dias para meia-maratona no Rio e a planilha de treinos visando essa prova estava piscado na tela do meu computador.

Glup! Com dor no coração estou dando um tempo nos treinos e competições no meio do mato para focar no asfalto. Não corro nesse terreno desde setembro do ano passado. E só o fiz porque foi para participar da Adidas Endless Run, prova diferenciada pela distância – uma perna de10 km, 20 minutos de intervalo de recuperação e mais segunda etapa de 5 K. Outro detalhe que me cativou foi  o número reduzido de participantes.

Odeio muvuca, muita gente reunida, barulho e bagunça. Pensar em correr uma prova com 40 mil pessoas me dá calafrios. Tenho pouco mais de quatro semanas de treino e agora o foco é concluir a distância de forma confortável. Não tenho meta de tempo ou de desempenho. Não quero ser sub coisa nenhuma.

Foi com o coração partido que declinei de um convite para um treino bruto em Atibaia no último final de semana. Quase chorei por não poder fazer a próxima etapa da Copa Brasil de Corrida de Montanha, em Várzea Paulista. Já sinto saudades do cheiro da terra, dos perrengues das subidas e de descer a montanha esquiando.

Em agosto voltarei para o mato e de lá ninguém me tira. Nunca mais.

Foto:Riotour

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

Copyright © 2016 Montanha Minha Praia - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio